30/03/2017

Resenha: Elevador 16 - Rodrigo de Oliveira


Titulo: Elevador 16
Série: As Cronicas Dos Mortos
Autor: Rodrigo de Oliveira
Paginas: 60
Editora: Faro Editorial


Sinopse: Estamos em 2017.
Cientistas descobrem um planeta vermelho em rota de colisão com a Terra. Depois de muito pânico nos quatro cantos do mundo, eles asseguram que passaria a uma distancia segura. E todos ficam tranquilos acreditando que nada iria acontecer...
Mas não podiam estar mais enganados.
No dia em que o planeta estaria mais visível, enquanto todo mundo se preparava para observar o fenômeno a olho nu, um grupo seguia para um compromisso chato: trabalhar num sábado na empresa de processamento de dados, pois estavam com muitos projetos atrasados.
Na hora do almoço, 16 pessoas entram no elevador... mas ele pára entre dois andares. As comunicações não funcionam, nem alarmes, nem celulares, ninguém aparece para ajudar. E eles não sabem que, em todo o mundo, algo muito estranho aconteceu. Em poucos segundos, 10 pessoas caem num surto coletivo, como que desmaiadas. Entre o desespero, tentativas de busca por ajuda, um deles começa a abrir os olhos, mas eram olhos vazios, olhos do mal...
Este livro conta uma história que ocorre no exato momento em que o nosso mundo se transforma. Traz personagens que vivem o intenso evento cósmico que mudaria a Terra para sempre. 



Resenha
Elevador 16 faz parte da série As Crônicas dos Mortos, pode ser lido antes ou depois de O Vale dos mortos, eu recomendo ler antes. Elevador 16 está disponibilizado gratuitamente em formato digital.


Já resenhei O Vale dos Mortos, vou deixar o link aqui: http://leiturasdaketellyn.blogspot.com.br/2017/03/resenha-o-vale-dos-mortos-rodrigo-de.html

Os acontecimentos desse livro acontece no mesmo dia e hora dos acontecimentos de O Vale dos Mortos. Maria Fernandes é uma jovem em seus 20 e poucos anos que está passando por mudanças em sua vida, logo no começo descobrimos que ela esta grávida, e o futuro papai, Raul, não pretende assumir o filho.


" - Tem certeza? Esses teste de farmácia não são muito confiáveis... - Raul argumentou, tentando encontrar algum fiapo de esperança no qual pudesse se agarrar."

No mesmo dia logo depois de brigar com Raul, na hora do almoço, Mariana juntos com suas duas amigas de trabalho estavam saindo para almoçar. Por ser horário de almoço elas acabam pegando o elevador lotado, onde também estava Raul. Ao total dezesseis pessoas estavam no elevador, ai o significado do titulo do livro.

De repente o elevador para entre dois andares e na mesma hora dez, das dezesseis pessoas desmaiam sem nenhum motivo.


" - Ei, o pessoal esta acordando! - Robson falou animado. Isso significa que...
E mais uma vez se interrompeu, ao notar algo tremendamente estranho em todos.
Os olhos. Todos os olhos. Estavam completamente brancos."



O pânico toma conta dos outros seis que estavam ainda de pé. Como se nada tivesse acontecido Raul acorda, mas já não é ele mesmo mais, agora é um monstro de sangue frio que anseia por carne humana. O mesmo acontecesse com os outros que haviam desmaiado quando acordam alguns minutos depois. E agora os seis precisam sair do elevador, e tentar sobreviver.

Mariana se mostra corajosa e capaz de tudo para lutar pela sua sobrevivência, ela é uma jovem bonita, filha de militar e estava começando a ganhar a própria independência e agora precisa sobreviver a zumbis.

A partir do despertar dos zumbis até a ultima pagina do conto, tem ação e suspense que farão com que o leitor não queira desgrudar, torcendo para que haja sobreviventes. 

Infelizmente o livro é pequeno, e terminar bem rápido, deixando o leitor querendo mais. É narrado em terceira pessoa, a revisão estava excelente e a capa é assustadora, trazendo elementos da trama nela.

A escrita do autor é fluida e fácil, sem palavras complicadas, e ele conseguiu manter nas poucas paginas um suspense de tirar o folego fazendo com que o leitor leia todos de uma só vez. O final foi satisfatório, mas sei que ainda tem muita coisa para acontecer nessa série, e eu estou louca para ler os outros livros.



20 comentários:

  1. Oi Ket!
    Eu já tinha adorado a resenha de O Vale dos Mortos, agora fiquei ainda mais curiosa para lê-lo, assim como Elevador 16, que já vi a capa por aí, mas nem ao menos fazia idéia que era nacional. Que pena que é um conto, por isso um livro curtinho, mas parece ser super instigante e o tipo de enredo que você não quer largar até saber o que irá acontecer com as seis pessoas que não viraram zumbis e se tudo ficará bem com Mariana.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  2. Oi, Ketellyn!
    Como eu disse antes, a trama de O Vale dos Mortos não despertou o meu interesse, mas lendo sua resenha sobre Elevador 16 fiquei interessada, curiosa para saber como as seis pessoas restantes no elevador conseguirão se salvar, se é que vão conseguir se salvar...

    Ficarei aguardando suas resenhas sobre os outros livros dessa série para aí então decidir se a lerei ou não...
    Abraços!

    ResponderExcluir
  3. A escrita do autor é incrível e a gente não consegue largar até terminar. Eu gostei bastante desse conto, assim como dos outros livros da série. É tão bom termos autores nacionais nesse nível.

    ResponderExcluir
  4. Oi, Ketellyn!!!
    Adoro livro que falando sobre zumbis!! Ainda não li nenhum dos livros do Rodrigo Oliveira mais gostei bastante!! E vou agora abaixar esse livro para ler!!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  5. Namoro este livro desde que foi lançado, mas ainda não tive a oportunidade de ler. A Faro acertou muito na capa do livro

    ResponderExcluir
  6. Oi Ketellyn,
    Elevador 16 é um conto com pouco mais de 60 páginas, mas é tão bem construído em trama e personagens que é como se você estive lendo um livro bem maior. Fui pega de surpresa pela escrita envolvente de Rodrigo de Oliveira nesta história, que meu único pensamento quando a conclui foi: porque não li antes?!! Estou ansiosa para ler todos os volumes da série e espero gostar tanto ou mais que Elevador 16.

    ResponderExcluir
  7. Ainda não li O vale dos mortos, na verdade nunca li nenhum livro que tivesse zumbis, mas eu adoraria ler, achei super legal esse livro contando a historia de outra pessoa que estava em outro local, muito bacana, apesar de não gostar de ler e-books vou baixar esse livro, pois fiquei super interessada.

    ResponderExcluir
  8. Nem preciso dizer que amo neh? *-*
    As Crônicas dos Mortos é a série de zumbi que mais amo no mundo! kkkkkk
    Amo esse conto em especial, por causa da Mariana. Fiquei toda arrepiada lendo e imaginando tudo pelo que ela passou.

    ResponderExcluir
  9. Gostei muito da resenha me deixou bastante interessada pelo livro, adoro livros de zumbis, e seres do tipo o que é mais um ponto a favor para lê-lo. Estou conhecendo o autor aqui no blog, é muito bom dar oportunidade aos nosso autores.

    ResponderExcluir
  10. Adoro estórias com zumbis e como tal não poderia deixar de ficar com os olhos brilhando quando vi a palavra ser mencionada.
    Vou baixar o livro, com certeza, e já me preparar pra comprar Vale dos Mortos.

    ResponderExcluir
  11. Adoro livros desse gênero, parece ser muito bom mesmo.
    Fiquei bem ansiosa pra lê-lo por causa da tua resenha

    ResponderExcluir
  12. Nunca li livros sobre zumbis, mas morro de curiosidade. Adorei a premissa e tudo o que você destacou em sua resenha, colocarei o livro na lista de desejados, assim que tiver a chance, devorarei suas páginas!

    ResponderExcluir
  13. Ainda não tive a oportunidade de ler esse livro, mas tenho visto vários comentários elogiosos sobre ele. Gostei da resenha.

    ResponderExcluir
  14. A leitura é bem fluída e gosto do fato de ter sido ambientado no Brasil. Aliás, o Rodrigo de Oliveira é um dos autores mais competentes que temos por aqui!

    ResponderExcluir
  15. Eu já conhecia esse livro de nome e capa, mas não sabia bem do que se tratava. Como uma história tão intensa dessa pode ser tão curta? Somente com a sua resenha já fiquei empolgada e quero muito conhecer. Estou me tornando uma grande fã de zumbis

    ResponderExcluir
  16. Tenho muita vontade de ler O Vale dos mortos, principalmente depois de ler suas resenhas aqui do blog.
    Eu já tenho Elevador 16 no kindle, e assim que der, lerei sem falta!
    Gostei muito da resenha, parabéns.

    ResponderExcluir
  17. Em poucas páginas o autor realmente me segurou na história, não via a hora de saber o final.
    Também gosto de leituras assim que mostram o melhor e o pior do ser humano nessas situações.
    Agora estou doida pra ler As crônicas dos mortos!

    ResponderExcluir
  18. Já faz um tempo que ouvi falar desse livro do Rodrigo Oliveira mais ainda não li nenhum livro dele. Espero que eu possa ler os livros dele em um futuro próximo.

    ResponderExcluir
  19. Amo histórias de zumbis e morro de curiosidade de conhecer os livros do Rodrigo que parecem ser ótimos!
    Espero em breve ter oportunidade de ler os livros das Crônicas dos Mortos.

    ResponderExcluir
  20. Oi, eu fiz essa leitura já tem um tempinho e simplesmente adorei!
    Adoro livros do gênero e o autor foi muito feliz nessa franquia.

    ResponderExcluir